Oficina de Papietagem e Papel Machê traz mais cultura a Franco da Rocha

Oficina de Papietagem e Papel Machê traz mais cultura a Franco da Rocha
Publicado por Bianca Ludymila Peres no dia 27/06/2017 em Franco da Rocha

Dentre diversas oficinas culturais oferecida pela Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer de Franco da Rocha, a Papietagem e Papel Machê traz para os munícipes o gosto da criação e do conhecimento.

A papietagem é conhecida principalmente, por ser usada na confecção de máscaras para o carnaval e outras festas, com utilização de adereços. Com a técnica é possível produzir qualquer objeto sólido através da colagem de diferentes tipos de papéis rasgados, usando cola branca simples ou a cola feita com polvilho que garante maior firmeza, como é realizado na oficina.

Após ser feito a escultura na papietagem, é praticada a técnica do papel machê, uma massa de papel e cola que lembra o gesso. Depois de aplicada dá mais consistência aos objetos.

Atuando na oficina desde 2015, a responsável pelas aulas é a professora Márcia Cecília Gaspar Silveira, que trabalha com cerca de 12 alunos. Confira fotos da oficina

Detalhes sobre essa arte

A professora ressaltou que além de garantir o lazer e o aprendizado para quem participa da papietagem, também busca homenagear os personagens da cidade com os trabalhos passados em aulas. “Além de criar objetos, máscaras, bonecos e utensílios domésticos, nós também buscamos visar a literatura brasileira e a raiz de Franco da Rocha, com personagens como Machado de Assis, Visconde de Sabugosa de Monteiro Lobato e temos o projeto de criar o Doutor Franco da Rocha”, garantiu Márcia.

Com o intuito de expandir o conhecimento sobre a cultura do município, a oficina criou um boneco de Osório César, um dos pioneiros no uso da arte como recurso terapêutico em Franco da Rocha, tralhando por mais de quatro décadas no Hospital Psiquiátrico do Juquery.

Ezildete Batista Soares, de 62 anos e moradora da Vila Ramos, está há um ano na oficina e ressalta sua mudança de vida, “Aqui eu alivio a cabeça e coloco nas mão a alegria para criar”.

A pequena Emanuela Vitória Pereira, de nove anos, é novata na turma e vem todos os dias do Jardim Benintendi para continuar seu projeto de criação do “Mc Beição”, personagem que a mesma vem criando a partir de um desenho feito em aula.

“Eu gosto muito do ambiente e da professora, ela me incentiva e mostra que qualquer um de nós podemos fazer papietagem”, ressaltou Manuela.

Quer participar?

Para mais informações sobre a Oficina de Papietagem e Papel Machê basta comparecer ao Centro Cultural Newton Gomes de Sá, ou entrar em contato pelo telefone 4800-7575. As aulas acontecem todas às quartas-feiras, das 9h30 às 11h30.

(Texto: Jorge Henrique Ramos – Foto: Orlando Junior)

Deixe seu comentário:

+ Franco da Rocha

Tags:, , , , , , , , , , , , , , ,