Animais
2 anos atrás

A VERDADE QUE O METRÔ ESCONDE SOBRE A OCORRÊNCIA DO CACHORRO

A VERDADE QUE O METRÔ ESCONDE SOBRE A OCORRÊNCIA DO CACHORRO

Ontem um cachorro que andava pela via da Linha 1-Azul do Metrô, na parte da manhã, afetou a circulação.

O metrô alegou em muitas respostas por meio de suas redes sociais que o cachorro não foi encontrado no sistema, o que daria a entender que ele foi resgatado. Porém relatos e informações que temos, mostram o oposto.

No vídeo abaixo, que circula por whats app, é exibido o momento em que na estação Sé o cachorro passa correndo e um trem entra rapidamente atrás dele. Não bastasse isto, usuários relataram que funcionários do Metrô em estações, pediram e queriam descer na via para retirar o animal, porém como ouviram via rádio, o CCO (Centro de Controle Operacional) dizer a seguinte frase: “liberem os trens, prioridade é a circulação”.

Também há relatos que o animal estava cansado o que facilitaria sua captura, mas após mais de meia hora de falta de planejamento em uma ação rápida e correta, onde seria a preservação dá vida do animal é uma maior rapidez na resolução do problema, o Metrô optou por contar mentiras e alegar que o paradeiro do cachorro é desconhecido.

Desconhecido do Metrô, talvez seja o fato de que muitas pessoas viram e outras ouviram a negligência do Metrô para com a circulação, para com os usuários e com o animal, o qual segundo informações obtidas internamente, dizem que o cachorro foi atropelado e morto em uma estação da linha.

Confira abaixo o vídeo mencionado.

? Vídeo obtido via Whats App (autor desconhecido)

Fonte: Diário da CPTM

Franco Notícias

O Franco Notícias é seu jornal online de Franco da Rocha, Caieiras, Francisco Morato, mairiporã, Jundiaí e região, além de conteúdos de saúde, economia, educação, esportes e entretenimento.

Vamos Bater um Papo?