Eventos e Festas
3 anos atrás

Alckmin inaugura restauração de espaços da Secretaria da Justiça e modernização do auditório da Cidadania “Franco Montoro”

O governador Geraldo Alckmin inaugurou nesta sexta-feira, 16, o auditório Espaço da Cidadania “André Franco Montoro” e restauros em ambientes internos realizados na Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania. O prédio de 125 anos, localizado no Pátio do Colégio, nº 184, no centro da capital, teve também sua fachada restaurada e inaugurada no final de 2014. As novas obras incluem a modernização do auditório do edifício. Na ocasião, foi aberta a exposição Franco Montoro – 100 anos, que conta a história de um dos mais importantes políticos brasileiros.

O Governador de São Paulo, entregou as obras de reforma do auditório espaço da cidadania " André Franco Montoro e o restauro do saguão da Secretaria da Justiça Defesa e Cidadânia.  16/09/2016 - São Paulo - Foto: Eduardo Saraiva/A2IMG
O Governador de São Paulo, entregou as obras de reforma do auditório espaço da cidadania ” André Franco Montoro e o restauro do saguão da Secretaria da Justiça Defesa e Cidadânia. 16/09/2016 – São Paulo – Foto: Eduardo Saraiva/A2IMG

“É uma grande alegria entregar o restauro do prédio, obra de Ramos de Azevedo, em 1891, aqui no Pátio do Colégio. Já havia sido feita a restauração externa desses prédios do século XIX, que foram das antigas Secretaria da Justiça e Secretaria da Agricultura. Hoje, ambos são ocupados pela Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania”, relembrou Alckmin. “Foram investidos quase R$ 3 milhões e isso contribui para a recuperação do centro de São Paulo”, comentou o governador.

Os espaços foram restaurados pelo Museu a Céu Aberto, com recursos do Fundo Estadual de Defesa dos Interesses Difusos (FID), gerido pela Secretaria da Justiça. O investimento de mais de R$ 2,9 milhões permitiu a realização de obras no hall de entrada, passagem e pátio interno, no total de 1.827 m².

O auditório de 132 cadeiras e 667 m² foi inteiramente modernizado. Recebeu acessibilidade ao palco, novo sistema de iluminação, ar condicionado, cortina de boca de cena com acionamento automatizado e sistema audiovisual com telão retrátil. Será utilizado para cursos de capacitação dos servidores da Secretaria e das entidades conveniadas à pasta, e ainda abrigará eventos destinados ao público externo, como cursos e palestras.

Franco Montoro 100 anos

A exposição “Franco Montoro 100 anos”, organizada pelo Memorial da América Latina, traz cerca de 60 fotos, além de documentos e objetos pessoais, contando a história do ex-governador do Estado de São Paulo e ex-senador – figura importante no processo de redemocratização do país. Este ano marca o centenário de nascimento de Montoro.

A exposição ficará aberta ao público, com acesso gratuito, de segunda a sexta-feira, das 10h às 17h. Diariamente, às 12h30, os visitantes da exposição poderão assistir ao documentário “A poética política de Montoro”, coprodução da TV Cultura e Super Filmes.

O prédio

O Espaço da Cidadania “André Franco Montoro” fica no “Palácio Manoel Pedro Pimentel”, um dos dois prédios que abrigam a Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania. O edifício foi inaugurado em 1891, a partir de projeto do arquiteto Ramos de Azevedo, o primeiro de seu repertório. A proposta do Governo de São Paulo era abrigar suas principais repartições no século XIX: Secretarias do Interior e Instrucção Pública; de Justiça e Segurança Pública; e da Agricultura, Commercio e Obras Públicas.

O prédio leva, desde 1987, o nome do secretário da Justiça que exerceu o cargo entre 1975 e 1979. No subsolo do edifício nº 184, que também abrigou a Secretaria da Fazenda e do Tesouro, salas-cofres eram trancadas com portas blindadas, de fabricação inglesa. No prédio nº 148, a “Bibliotheca” preserva raridades de mais de 100 anos e mantém as regras de classificação dos títulos de 1890. No assoalho da biblioteca é possível observar a marca de corte da passagem subterrânea que ligava os dois prédios, assim como a outros pontos turísticos do Centro. A passagem foi fechada em meados do século XX por questões sanitárias.

Os detalhes dos tijolos e a cor suave das paredes são uma marca do estilo neoclassicista, predileção do arquiteto Ramos de Azevedo, que impulsionou o movimento de modernização urbana de São Paulo. O conjunto arquitetônico da Secretaria da Justiça foi tombado pelo Decreto Municipal nº 26.818, de 9 de setembro de 1988, como integrante do acervo a ser preservado no núcleo histórico do “Pateo do Colégio”.

FID

O Fundo Estadual de Defesa dos Interesses Difusos (FID) tem como objetivo financiar projetos destinados ao ressarcimento, à coletividade, dos danos causados ao meio ambiente, ao consumidor, a bens e direitos de valor artístico, estético, histórico, turístico e paisagístico, no âmbito do território do Estado de São Paulo.

Esses recursos podem apoiar projetos apresentados por órgãos da administração pública direta e indireta nos âmbitos estadual e municipal; organizações não-governamentais (ONG), Organizações Sociais (OS), Organizações da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP) e entidades civis sem fins lucrativos que tenham por finalidade a atuação nestas áreas.

Mediante chamamento público, por meio de edital convocatório, os interessados podem submeter projetos nas referidas áreas, os quais serão analisados tecnicamente e submetidos à aprovação do Conselho Gestor do FID.

Franco Notícias

O Franco Notícias é seu jornal online de Franco da Rocha, Caieiras, Francisco Morato, mairiporã, Jundiaí e região, além de conteúdos de saúde, economia, educação, esportes e entretenimento.

Vamos Bater um Papo?