Franco da Rocha
2 anos atrás

Alunos da Oficina de Recepcionista do CRAS do Lago Azul participam de aula de etiqueta profissional

Os alunos da Oficina de Recepcionista, organizado pelo Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) do Lago Azul, participaram, na manhã desta sexta-feira (28), de uma aula que teve como tema a etiqueta profissional. A atividade mostrou de forma prática como se comportar mediante situações que ocorrem em empresas ou no dia a dia.

O curso, que conta com 15 alunos, tem como objetivo ensinar aos participantes, tanto homens quanto mulheres, a abordagem teórica e prática profissional da área administrativa, com enfoque em recepção e atendimento ao público, de um modo dinâmico e acessível.

Entre os temas abordados na capacitação estão: papel do profissional no mercado de trabalho, ética, gestão de conflitos, postura profissional, atitude empreendedora, técnicas secretariais, técnicas de atendimento ao público, métodos de arquivamento, organização de agendas e tecnologia da Informação com pacote básico Office.

Veja fotos

foto: divulgação
foto: divulgação

A professora da oficina, Debora Ribeiro, contou que a aula de etiqueta profissional ajuda os participantes a lidar com diversas situações cotidianas, desde o modo de falar e sentar, até o modo de se vestir, ou seja, posturas mais adequadas para, por exemplo, a hora de uma entrevista de emprego.

Para ela, o curso auxilia em uma mudança concreta de comportamento e proporciona um maior conhecimento. “Eu entendo que de uma maneira central as pessoas entram aqui com um tipo de postura, com um tipo de comportamento, com expectativa de aprender a se tornar uma recepcionista, mas ao final eles saem daqui completamente mudados”, completou.

Segundo a Coordenadora do CRAS do Lago Azul, Rosangela Chimello, o curso serve para direcioná-los para a inclusão produtiva, para o trabalho e contribui para o enriquecimento do currículo deles, já que a maioria está em busca do primeiro emprego. “A nossa verdadeira intenção é que eles sejam realmente inseridos no mercado de trabalho”, ressaltou.

Um dos estudantes, Lucas Mota, de 17 anos, contou que pretende se aprofundar mais na área administrativa e espera conseguir ingressar no mercado de trabalho e que essa foi uma chance de aprender mais. “O curso, quando entrei, pensei que seria uma oportunidade para eu ter mais conhecimento no mercado de trabalho e para me especializar mais”.

Texto e fotos: Lucas Cardoso

Franco Notícias

O Franco Notícias é seu jornal online de Franco da Rocha, Caieiras, Francisco Morato, mairiporã, Jundiaí e região, além de conteúdos de saúde, economia, educação, esportes e entretenimento.

Vamos Bater um Papo?