Franco da Rocha
2 anos atrás

Jiu-Jitsu transforma vidas em Franco da Rocha

Jiu-Jitsu transforma vidas em Franco da Rocha

O esporte em Franco da Rocha vem se tornando inspiração para as cidades da região. Exemplo dessa ascensão é o Centro de Iniciação ao Esporte (CIE), que conta com cerca de 18 modalidades e 700 alunos atendidos, sendo o primeiro equipamento do Legado Olímpico entregue no país.

Entre as diversas opções esportivas para a população, um dos destaques é o Jiu-Jitsu. A modalidade atende a 110 alunos, com polos de treinamento no Parque Benedito Bueno de Morais e no próprio CIE.

A modalidade além de ajudar na defesa pessoal, tem como objetivo melhorar a aptidão física dos alunos, tanto para crianças quanto para adultos e também colabora no tratamento de diversas doenças como a obesidade, pressão alta, diabete e colesterol.

As aulas são ministradas pelo professor Renan Rocha, de 32 anos, que aos 13 conheceu o Jiu-Jitsu através do irmão mais velho. Com o tempo, ele criou gosto pelo esporte, se formou em educação física e atualmente é faixa preta na modalidade.

Renan falou sobre as aulas e como procura beneficiar os atletas de todas as idades com os exercícios. “Primeiramente tentamos recuperar toda aptidão física. Com as crianças buscamos resgatar os valores que foram se perdendo com o tempo. Hoje em dia percebemos que os pequenos não têm mais o espaço para brincar e aqui, os exercícios são baseados no Jiu-Jitsu, onde as crianças rastejam, engatinham, saltam e correm. Já para os adultos pensamos em outra perspectiva, a maioria das vezes esses alunos querem melhorar o condicionamento físico, perder peso e participar de competições”.

Superação graças ao esporte

Fernando Santos de Almeida, conhecido como “Filé” no meio da turma, é um exemplo de superação por meio do Jiu-Jitsu. Há 7 anos, no caminho para o trabalho, Filé sofreu um acidente de moto que colocou em prova sua força de vontade.

Para fazer o fortalecimento muscular e poder voltar a caminhar normalmente, começou a fazer musculação e já ingressou no Jiu-Jitsu, superando assim as dificuldades.

“Está sendo uma maravilha para meu fortalecimento muscular e meu psicológico. Mesmo com dificuldades na minha locomoção participo de campeonatos e tudo isso tem sido uma vitória pra mim, o Jiu-Jitsu mudou minha vida e me trouxe de volta a vontade de viver”, ressaltou Filé.

Unindo gerações

Pai e filho também marcam presenças nas aulas. Edson de Melo, de 41 anos, começou no Jiu-Jitsu para melhorar sua aptidão física. Seu filho Jhonatan fazia judô e, ao ver a empolgação do pai, começou a acompanhá-lo nas aulas. “Eu não fazia nenhuma atividade física e precisava realizar algum esporte para ajudar na minha saúde e no meu trabalho, que é na área de segurança. Foi quando por meio do professor Renan recebi o convite para praticar o Jiu-Jitsu. A mudança foi tanta, que meu filho pediu para começar a praticar também”, disse Edson.

O pequeno Jhonatan não perdeu tempo e falou da sua vontade de ser campeão e dar orgulho ao pai. “Tudo está sendo muito legal e diferente pra mim, já ganhei a faixa amarela e quero começar a disputar campeonatos e ganhar a faixa preta. Eu e meu pai ficaríamos muito felizes”.

Esporte para todos

Para mais informações de como participar desta e outras modalidades esportivas basta procurar a Diretoria de Esportes, que fica dentro do Parque Benedito Bueno de Morais, no Centro Social Urbano (CSU) localizado na Rua Nelson Rodrigues, 400, no centro, de segunda a sexta-feira, das 9h ao 12h ou das 13h30 às 16h.

(Texto e foto: Jorge Henrique Ramos)

Franco Notícias

O Franco Notícias é seu jornal online de Franco da Rocha, Caieiras, Francisco Morato, mairiporã, Jundiaí e região, além de conteúdos de saúde, economia, educação, esportes e entretenimento.

Vamos Bater um Papo?