Estilo
1 ano atrás

Mitos e Verdades sobre o Clareamento Dental

Mitos e Verdades sobre o Clareamento Dental

Um sorriso com dentes brancos e bem alinhados é o desejo de muitas pessoas. Um dos tratamentos mais utilizados para a conquista do sorriso ideal é o clareamento dental. O procedimento é simples e pode ser feito no consultório do dentista ou até mesmo em casa, sempre após a avaliação prévia de um especialista e seguindo as recomendações adequadas.

Segundo Rosane Menezes Faria, dentista da Caixa Seguradora Odonto, a busca pelo clareamento dental vem crescendo nos últimos anos. “Na Caixa Seguradora Odonto, a procura pelos beneficiários que possuem essa cobertura no plano aumentou 37% em 2016, em comparação com o ano anterior, sendo que a procura maior é da faixa etária de 21 a 30 anos. As pessoas estão mais preocupadas com a aparência e também estão mais conscientes da importância de ir ao dentista frequentemente. A estética e a saúde bucal andam juntas, não conseguimos um resultado, sem cuidar do outro”, explica.

Porém, apesar da alta na procura pelo procedimento, o clareamento dental ainda gera algumas dúvidas que acabam por desestimular algumas pessoas. Confira alguns mitos e verdades sobre o tratamento, esclarecidos pela Rosane Menezes Faria, dentista da Caixa Seguradora Odonto:

CLAREAMENTO DENTAL DANIFICA OS DENTES
Mito. O dente pode ficar mais sensível, mas não poroso ou enfraquecido. Isso ocorre porque os poros ou canalículos ficam abertos para que o gel clareador libere as moléculas de pigmento que estavam impedindo a luz de passar. Porém, o procedimento não corrói o esmalte do dente e essa sensibilidade tende a diminuir após o tratamento.

AS RESTAURAÇÕES MUDAM DE COR
Mito. O que muda de cor é o dente natural. O material clareador não é capaz de alterar a cor das restaurações e próteses dentárias. Sendo assim, após o clareamento é necessário fazer a troca de restaurações e próteses que aparecem durante o sorriso.

TODO MUNDO PODE FAZER CLAREAMENTO DENTAL
Mito. O procedimento não é indicado para mulheres grávidas ou que estejam amamentando, pacientes com hipersensibilidade ao medicamento, indivíduos com doença periodontal e presença de muitas restaurações estéticas e/ou retrações gengivais. O clareamento também é contraindicado para crianças de até 10 anos.

ALGUNS ALIMENTOS SÃO PROIBIDOS DURANTE O TRATAMENTO
Verdade. Para se obter o resultado desejado é importante tomar cuidado com alimentos que tenham corantes. Assim o café, refrigerantes a base de cola, beterraba, chocolate e chá preto podem interferir na durabilidade do tom alcançado no procedimento. Por isso, mesmo após o tratamento, é indicado sempre tomar cuidado com o que é ingerido. É recomendado também evitar os cigarros, já que podem causar manchas nos dentes.

CREMES DENTAIS FUNCIONAM COMO CLAREADORES
Mito. Os cremes dentais possuem pouco agente clareador em sua fórmula ou não possuem e por isso não são capazes de exercer essa função. Porém, as pastas de dentes que são tidas como “branqueadoras” ou “clareadoras” possuem mais agentes abrasivos do que as comuns e podem retirar manchas superficiais que tornam o dente mais branco.

O CLAREAMENTO EM CONSULTÓRIO É MAIS EFICAZ DO QUE O FEITO EM CASA
Mito. O gel utilizado no consultório é mais concentrado, por isso oferece um resultado mais rápido. Porém, quando o tratamento é feito em casa, o dente fica mais tempo em contato com o produto e acaba deixando-o mais branco por mais tempo, logo o ideal é mesclar os dois procedimentos, realizando as sessões no consultório e usando a moldeira em casa. Mas fique atento, esse tratamento caseiro pode ser indicado apenas pelo cirurgião-dentista.

BICARBONATO DE SÓDIO CLAREIA OS DENTES
Em partes. O bicarbonato é uma substância abrasiva e pode retirar manchas da superfície do dente, o que causa a leve impressão de clareamento. Entretanto, o uso do produto deve ser feito apenas em consultório, pois usado em excesso pode danificar os dentes.

Franco Notícias

O Franco Notícias é seu jornal online de Franco da Rocha, Caieiras, Francisco Morato, mairiporã, Jundiaí e região, além de conteúdos de saúde, economia, educação, esportes e entretenimento.

Vamos Bater um Papo?