Trabalho
5 anos atrás

Quando é a hora certa para pedir um aumento?

Quando é a hora certa para pedir um aumento?

Pedir o aumento de salário é sempre uma questão delicada no mercado de trabalho, isso porque não existe uma “receita mágica” para esse pedido e tudo depende muito da empresa a qual o profissional trabalha. A maior insegurança surge por parte do empregado, que acredita merecer o aumento e, mesmo assim, não quer criar rusgas com o seu chefe – e fazer isso pode ser mais complicado do que parece, afinal, qualquer tropeço pode fazer com que esse profissional se prejudique ou seja até mal visto pelo seu superior.

Sabendo disso, Madalena Feliciano, diretora de projetos da empresa Outliers Careers, oferece algumas dicas para que você não cometa erros em uma situação tão importante como essa.

Uma das dicas importantes é saber o momento em que deve ser feito esse pedido. “Não fale sobre aumento quando você ou seu chefe estiverem ocupados ou preocupados com algum outro assunto. O ideal é agendar um horário em um dia mais tranquilo”, comenta Madalena. Ainda sobre o momento certo para conversar com o empregador, não faça isso quando ele te pedir um favor – nesse caso, são grandes as chances do chefe achar que foi chantageado e tentar te dar o troco depois, quando não precisar tanto de você. “O momento ideal é quando seu trabalho vem sendo constantemente elogiado, não só pelos superiores, mas também por clientes ou pessoas de outros departamentos”, exalta.

Outra dica de Madalena é evitar as indiretas, ou seja: você quer um aumento? Marque uma reunião com o seu chefe para falar sobre isso, sendo sempre direto. Sabendo do dia da reunião, já chegue com uma proposta concreta. “Diga a porcentagem que você deseja que aumente no seu salário – e esteja disposto para negociar. Porém, não chegue com números estratosféricos: pesquise no mercado sobre a média salarial vigente para seu cargo e apresente esses números para o seu superior” ressalta.

Aumentou o seu rendimento e/ou trouxe novos clientes? Pode provar isso em números? Apresente para o seu chefe as estatísticas. Mostre a ele o quão importante você é para a empresa e que o investimento vale a pena. Dê exemplos de resultados e desempenhos de destaque.

Outras táticas importantes são: manter-se calmo durante a conversa, lidando com possíveis críticas e contratempos. Se a resposta for negativa, não leve para o lado pessoal: quem sabe essa não era a hora, mas deixe sempre aberta a porta para novas negociações e continue se esforçando para tentar de novo em um futuro próximo, nem que seja em outro emprego. “Mas, se no fim, a resposta for positiva, agradeça, de forma não exagerada, ao seu chefe. E, para mostrar que essa escolha tomada por ele foi a certa, não relaxe no trabalho – faça sempre o seu máximo”, conclui Madalena.


Foto: Lars Plougmann (CC BY-SA 2.0)

Franco Notícias

O Franco Notícias é seu jornal online de Franco da Rocha, Caieiras, Francisco Morato, mairiporã, Jundiaí e região, além de conteúdos de saúde, economia, educação, esportes e entretenimento.

Vamos Bater um Papo?