Ecologia
1 ano atrás

Sujeira produzida pelo carnaval se transforma em ameaça ao meio ambiente

Sujeira produzida pelo carnaval se transforma em ameaça ao meio ambiente

O carnaval está se aproximando e muita gente já está animadíssima com os dias de folia. Mas, apesar de toda a alegria que a festa espalha pelo país, o lixo descartado em locais inapropriados é que não tem graça nenhuma.

“Se não for recolhido antes de se perder na natureza, a toda essa sujeira se torna uma grande ameaça à biodiversidade local. Tanto na água (rios e mares) como em terra, pode causar um impacto ambiental enorme”, diz o Biólogo Giuseppe Puorto, membro do CRBio-01 – Conselho Regional de Biologia – 1ª Região (SP, MT e MS).

Deve-se levar em consideração também que, dependendo do material que o lixo é produzido, sua decomposição na natureza pode levar centenas ou até milhares de anos. “Por isso é importante reforçar a campanha de conscientização de que lixo é no lixo, mas que o poder público também faça a sua parte em oferecer locais apropriados e suficientes para o descarte”, alerta Puorto.
Veja na tabela abaixo o tempo de decomposição de alguns materiais:

  • Papel: de 3 a 6 meses
  • Tecido: de 6 meses a 1 ano
  • Filtro de cigarro: mais de 5 anos
  • Madeira pintada: mais de 13 anos
  • Nylon (linha de pesca, por exemplo): mais de 20 anos
  • Alumínio (lata de refrigerante, por exemplo): mais de 200 anos
  • Plástico (garrafa pet, por exemplo): mais de 400 anos
  • Vidro (vasilhame, por exemplo): mais de 1000 anos
  • Borracha (pneu, por exemplo): tempo indeterminado

Franco Notícias

O Franco Notícias é seu jornal online de Franco da Rocha, Caieiras, Francisco Morato, mairiporã, Jundiaí e região, além de conteúdos de saúde, economia, educação, esportes e entretenimento.

Vamos Bater um Papo?