Brasil
3 anos atrás

Temer assume Presidência da República

Temer assume Presidência da República
Dida Sampaio - 31.ago.2016/Estadão Conteúdo

Após praticamente três horas foi posto o fim do julgamento do processo de impeachment, o ex-vice-presidente e até então presidente interino Michel Temer (PMDB) tomou posse de forma definitiva da Presidência da República na tarde desta quarta-feira (31) em cerimônia no Congresso Nacional.

Michel Temer, em sua primeira fala após assumir em definitivo a presidência, colocou a geração de empregos como primeira tarefa de seu mandato. O presidente também pediu aos ministros que ajudem a aprovar projetos do ajuste fiscal. “A reforma do teto de gastos é fundamental para o país. Às vezes mal compreendida”, disse. O presidente também pediu que comunicação do governo faça uma publicidade da reforma da Previdência para que a população a entenda. Ele diz que irá reunir as bancadas dos partidos uma a uma para esclarecer dúvidas e sensibilizar para aprovar o teto dos gastos e a reforma da previdência.

Segundo ele, o momento é de “colocar o Brasil nos trilhos em todas as áreas”.

Temer cobrou dos ministros a criação de grupos para “desburocratizar” a ação das pastas. O novo presidente afirmou também que sua “fórmula de governar é da descentralização da ação, sem abrir mão da centralização da decisão”. Temer, que não discursou no Congresso, falou em reunião ministerial no Planalto logo após a posse. Temer chegou ao Congresso acompanhado de aliados, dos presidentes das duas casas legislativas, Renan Calheiros (PMDB-AL), do Senado, e Rodrigo Maia (DEM-RJ), da Câmara, e do presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Ricardo Lewandowski. No caminho até o plenário do Senado, ouviu-se alguns gritos de “presidente Temer”. Renan abriu a sessão e, em seguida, foi executado o Hino Nacional. Temer prestou juramento constitucional e tornou-se efetivamente presidente.

Prometo manter, defender e cumprir a Constituição, observar as leis, promover o bem geral do povo brasileiro, sustentar a União, a integridade e a independência do Brasil. Michel Temer, ao ser empossado presidente

Renan declarou Temer empossado pelo período de “31 de agosto a 31 de dezembro de 2018”. A cerimônia foi rápida, durou 12 minutos, e não houve discurso do presidente.

Ao final da cerimônia, Renan disse a Temer “estamos juntos”, em áudio vazado pelas câmeras de TV. Renan votou a favor do impeachment horas antes. Temer passou pouco mais de três meses como presidente interino e foi recebido com bastante assédio no plenário do Senado. Diversos deputados e senadores fizeram fotos e selfies com ele. Entre os que optaram pela selfie, estava a deputada Raquel Muniz (PSC-MG). Houve gritos de “viva o novo Brasil”, “viva a esperança” e “viva o Parlamento” por parte dos parlamentares que acompanhavam a sessão, que lotou o pequeno plenário do Senado.

Franco Notícias

O Franco Notícias é seu jornal online de Franco da Rocha, Caieiras, Francisco Morato, mairiporã, Jundiaí e região, além de conteúdos de saúde, economia, educação, esportes e entretenimento.

Vamos Bater um Papo?